sexta-feira, março 24, 2006

Ilimitude















Não há mal na falta de limites. Mas há que se aprender a dialogar com ela.

3 comentários:

Gênero Cinematográfico disse...

Flip Flop Fliperama que foto linda!
Adorei, onde foi?
beijos
Tchory

Felipe disse...

Também adoro essa. Foi no Museu de Arte Moderna do Solar do Unhão. O menino se afastou do pai dele e ficou embaixo daquela esfera. Eu estava fotografando uma escada linda que tem lá, percebi a presença do menino e aí só fiz me virar - bem devagar pra ele não me notar - e esperar o momento.

Felipe disse...

Achei massa o Flip Flop Fliperama!
E aí ficou explicado o nosso parentesco, a família Rama (tu és Cynthiorama e eu sou Fliperama).
:-)
Beijão!