sábado, março 03, 2007

Jacobina

Enfim, começo a atualizar as fotos que tirei nos últimos tempos. Estas de Jacobina são do Carnaval passado. Foi nesta cidade que tentei relaxar durante a folia, município com 70 mil habitantes no norte da Bahia. Fica no comecinho da Chapada Diamantina, em região de micro-clima no meio do semi-árido, cercada de cachoeiras e muitos trechos de mata fechada. Há várias trilhas interessantes, para quem gosta de caminhadas como eu. Pena que viajei com uma bruta crise de coluna, resultado da tensão da proximidade da defesa e, por conta disso, fiz só programas bem levinhos (grrrr!).










9 comentários:

cidinha disse...

Que cidade tranqüila. Deu uma sensação de paz. Espero que agora, depois que conseguiste tirar a defesa das tuas costas, consigas relaxar, descnsar e curtir boas caminhadas e encontros com o teu Eu.
O contato com a natureza sempre me dá essa paz e me proporciona esses mergulhos no meu interior.
Beijão

Vivien disse...

quero cachoeiraaaa...

Felipe disse...

É tranquila mesmo, Cidinha.
Dá a maior vontade de voltar pra lá agora, pra relaxar e retomar o eixo das coisas.
Também me sinto assim, como descreveste, no contato com a natureza.
Beijão pra ti.

Felipe disse...

Eu também, Vi!

q disse...

Corcovado em Jacobina?? Não importa o tamanho da cruz, mas sim a fé que ela proporciona... ooops!

Leonardo disse...

este "q" idiota aí em cima fui eu que esbarrei no "Enter" antes da hora... viu só como a Igreja Católica é poderosa?? Como temos todos quer ser tementes à deus? Castigo veio a cavalo!! hahahahhahahahahahahaha

Felipe disse...

KKKKKKKKKKK!
Oh, yes, Mr. Q!
Mas não creia em castigo, não, sócio, pelo menos neste caso. Todo mundo se lembra do Corcovado quando olha para o cruzeiro de Jacobina. São 455 Degraus com D maiúsculo (uns 30 cm de espelho cada um em média). Vai uma penitenciazinha básica? Olha que vale a pena. A vista lá em cima é o que há de belo. A foto do alto foi feita de lá.
Abração

Leonardo disse...

Se eu morasse no pé desta escadaria, subia e descia correndo uma vez por dia!

---

Se eu morasse em Montréal, caminhava todo dia debaixo de menos quarenta graus!

---

Se eu soubesse rimar seria poeta,
se soubesse fazer graça seria comediante! Não sendo nem um, nem outro, só me sobrou o título de mentiroso.

---

hahahha!

Anônimo disse...

que ser feliz?


vai morar em jacobina