domingo, março 25, 2007

Saci

Criança, antes de tentar repetir a proeza do saci, lembre-se de que ele só pula do alto da cachoeira porque, além de adorar se divertir, conhece as manhas do rio e a profundidade dás águas escuras.

9 comentários:

Thelma disse...

Oi, Felipe. Que lugar bonito! É Bonito? Conheci Bonito no ano passado e me apaixonei. A foto é linda!
Como tu estás? Acomodaste as tralhas ou ainda estás no limbo? Difícil este momento. Relaxa que tudo entrará na normalidade logo. Quando eu fôr para aí, por favor, me lembra do que estou te dizendo.
Abraços.

Leonardo disse...

Neeemmmm... fui ficando velho, fui ficando medroso...

Bom saber que está tudo entrando nos eixos, Sócio. Abraço!

Felipe disse...

Ah, Thelma, é a cachoeira Véu da Noiva em Itaitu, distrito de Jacobina (BA). Mas tb tenho maior vontade de conhecer Bonito (o de Mato Grosso do Sul, não é? Porque tem um Bonito em Pernambuco também, com algumas cachoeiras bem... er... bonitas!)

A casa tá uma bagunça e a cabeça vai se ajustando aos poucos. O meu problema todo é o estresse e o cansaço, Thel. Foram dois anos sem descanso mental. Vou precisar de tempo para sair desse padrão.

Estou tentando relaxar, pode crer. Mas acredita que é difícil? Sonho todas as noites que estou na Bahia ou então na estrada, indo para lá e para cá. Nem exercício físico está ajudando. É insistir na busca desse relaxamento, sem forçar e com muita paciência. Não é fácil, mas concordo que é por aí.

E, sim, nem se preocupe que vou lembrar bem de tudo isto para te dar uma força também quando chegar tua vez. :)

Abração e obrigado.

Felipe disse...

Eu tb, sócio. Ficava só olhando e babando, morrendo de inveja daquela sacizada.

E sobre os eixos, é o kit luz fazendo o trabalho dele.

Gostei da foto nova no Indizível. Penso ter visto o Walt Disney naquela mesa. Era ele? Ops. Acho que era melhor fazer a pergunta por lá. :)

Abraço pra ti

Leonardo disse...

Não... Sócio, não era ele não, hehehehe... mas meu pai está lá! :)

Agora, comentando sobre suas dificuldades de adaptação... já dá prá você ter idéia do que venha ser mudar de país! Fique tranquilo, logo, logo tudo se ajeita. :)

Abraço

Thelma disse...

Eu me referi a Bonito de Pernambuco. Fui passar o Sao Joao lá há dois anos e achei genial! Muuuuito verde. Para minha surpresa, assisti a um show lindo do Quinteto Violado.

O tempo faz milagres, Felipe. Felizmente! Torço para que tu te sintas bem novamente. O estresse vai desaparecer numa esquina do Recife.

Boa sorte, querido!

Ana disse...

Foto maravilhosaaaa!

É o Lipe que volta a se divertir e a fazer arte!!

Felipe disse...

Que coincidência, Thelma. Passei o São João de 2005 em Bonito (PE). O grupo do qual fiz parte tem uma gleba por lá com um lindo projeto ecológico. Acho muito bela aquela região, que anda lutando para se manter preservada e digna do nome que tem.

Adoro o São João das cidades pequenas, aquele das quadrilhas de escola, dos forrós de pé-de-serra, comidas de milho, dos fogos na calçada, das fogueirinha de galhos secos. Não suporto São João de palco/platéia, aquele som ensurdecedor, aquela relação estranha que faz o povo ser mero espectador numa festa que nasceu da vontade de todos de brincar e celebrar na rua.

Achei nota 1000 essa frase: "o tempo faz milagres". É linda e muito verdadeira. Chega deu uma esquentada gostosa na alma. Adorei. Obrigado.

Beijão pra ti

Felipe disse...

Ah, verdade, Aninha.
Não sei viver sem me divertir. Só mesmo um acúmulo muito grande de doideiras pra me tirar disso.
Beijão!!!!