domingo, abril 08, 2007

Páscoa

Hora de renascer, de fazer com a vida assim como fazem os coelhos, se entregar num movimento de criar e deixar que isso se faça abundantemente. E os ovos de chocolate? Bom, acho que podemos comer à vontade, mas certos de que uma coisa não tem nada a ver com a outra. Uma bela e feliz Páscoa para todos.

12 comentários:

Wagner Moura disse...

É ou não uma festa sobre fertilidade? :) Jesus te ama! Feliz Páscoa!

david santos disse...

Olá, Filipe!
Venho felicitar-te pelo teu trabalho e desejar-te uma Páscoa igual à de toda a humanidade: feliz.

Vivien disse...

ô, "primo", to adorando a idéia de mudanças e torcendo por elas. ;0)

Raimundo Pajeu disse...

Coelhinho verde-alface de neon na parede com ar-condicionado.
-
Definitivamente, cumpade, são tempos estranhos esses que vivemos.
-
:-) Bjos pascais.

Felipe disse...

É sim, Wagner. Sem dúvida.
E também amo muito Jesus. Esse papo de coelho da páscoa é só brincadeira. Estou ligado no significado real de como começou toda essa história e da beleza que há nela.
Abraço grande e uma Feliz Páscoa pra ti tb.

Felipe disse...

Obrigado, David!
Que essa felicidade ecoe, se multiplique e nos inspire a mudar o pouco necessário a cada dia para que as grandes mudanças imprescindíveis se façam em nome da alegria de todos.
Abraço

Felipe disse...

Valeu, "prima"!
É uma torcida válida, pois a despeito de eventuais desconfortos, quando as coisas deterioram, é preciso mudá-las para que a alegria - e a própria vida - se reestabeleça. :)
Beijo

Felipe disse...

Mundo estranho mesmo, Tárcio. Podemos dizer que é o fim de um mundo e o começo de outro. Ou melhor, o fim de um modo de VER o mundo e o começo de um novo modo de VER.
Acho que está amanhecendo. É hora de acordar e ver o que fizemos enquanto andávamos por este mundo como sonâmbulos. Há muito trabalho pela frente, desfazer os malfeitos, pensar soluções para o que parece estar perdido, negociar com quem quer continuar dormindo e destruindo a si e aos que estão consigo...

Abração

Leonardo disse...

Nunca entendi porque o catolicismo foi buscar no paganismo o coelho como símbolo de fertilidade (e renascimento/renovação) para celebrar a páscoa. Ainda mais um bicho com fama de "vai ser bom, não foi?".

Antes fosse o leão que dá no couro da leoa 3 vezes por hora, por 36 horas ininterruptas!!!!!!! :o

Felipe disse...

Pô, sócio, de fato, quantidade nunca foi o mesmo que qualidade. Gostei tanto de saber do que a leozada é capaz que no próximo Natal vou pedir pra a papai noel pra entrar em 2008 transformado num leão. roaaarrrrrrr!!! :D

Aleksandra Pereira disse...

Lipe, querido,
Feliz Páscoa ainda que atrasada prá ti, que o desejo é sincero!

Sem computador em casa e na correria, tenho demorado para responder e-mails e posts, pesquisar outras coisas, respirar...

mas em breve volto direitinho...

beijos, meu lindo, que bom que você está de volta!

Felipe disse...

Votos mais que bem-vindos, Alê.
Que coisa, hem, parece que tem uns ventos de muda-muda soltos por aí. Desarrumam o que está pedindo pra ser reorganizado. Não deixa de ter a ver com a Páscoa e a idéia de "morrer" para "renascer".

Beijo grande, saudosa.