quarta-feira, junho 07, 2006

Alheio

Eles chegaram juntos pra assistir o por-do-sol. De repente começaram a discutir, ela se levantou e foi embora. Ele ficou lá, sem ação - esqueceu até da paisagem. Alheio, nem percebeu o tamanho da distância que se interpôs entre ele e a beleza do lugar que o abraçava.

2 comentários:

Ana disse...

Linda a foto!
O alaranjado do céu, o movimento da água e o desamparo em que ele parece se sentir compõem uma paisagem de profunda beleza em que a solidão dele se sobressai a todo o resto...

Felipe disse...

Também gostei, Ana. E a historinha eu inventei, a partir da imagem. Ele estava lá, alheio mesmo. Alheio no meio daquela beleza. O resto é ficção. Peguei essa foto por acaso. Eu já estava descendo o morro, indo embora, quando olhei para o lado e vi a paisagem, as cores. Liguei a máquina para bater mais uma foto e, na hora de enquadrar, vi que tinha um cara. Ajustei o zoom para compor com os troncos dos coqueiros e aí...