quarta-feira, junho 14, 2006

Foco
















Ontem, dia de Brasil x Croácia na Copa do Mundo, os estudantes da Escola de Teatro da UFBA ficaram na platéia e assistiram num telão a vitória brasileira. Foi uma tarde especial, com professores e alunos reunidos, muita alegria e uma feijoada super-elogiada promovida pela diretora Eliene Benício. Acho bonito - e sugestivo - o modo como escolas, escritórios, lojas, tudo naturalmente se ajusta e se energiza como uma família na hora de torcer pelo futebol do Brasil.

4 comentários:

Ana disse...

É verdade!

Li, no blog da Célia Musilli, o seguinte:

"E quando assisto TV e vejo Galvão, Hebe , Faustão e Silvio Santos formando o “quadrado mágico” da alienação geral, tenho vontade de ir para o Tibet entoar um mantra... OMMMMMM, para ver se mudo a sintonia. Mas qual o quê, o único mantra que funciona no Brasil é GOOOLLLL!"

Que possamos entoar mais vezes este mantra! 1 X 0 é muito pouco! Heheheheh!

Luciana Pinto disse...

Fê querido.... ainda não tinha pousado aqui, né! POisé, mas depois que retomei os contatos com o blog, tinha de dar uma parada pra reforçar minha admiração por esta sensibilidade que através dos angulos e da fértil luz, traduz o cotidiano, transformando-o em algo especial. Beijo grande.

Felipe disse...

A Célia foi fundo. Aqui a gente nasce associando grito de gol ao nirvana. E não deixa de ser. Pena que esse nirvana seja tão rápido e a gente sempre precise de mais um, mais um, mais um. MAIS UM!!!!

Felipe disse...

Bem vinda, Lu. Agradeço os comentários elogiosos. Fique a vontade por aqui. Não repare a bagunça ali no quarto nem na área de serviço. Se quiser, o melhor lugar da casa é a varanda, ali, está vendo? De lá dá pra ver o mundo todo - ou, pelo menos, um pedaço do Nordeste.
Beijo pra ti