quarta-feira, setembro 06, 2006

Portal do oito duplo


Não procurem o oito duplo na foto. Ele está aqui. É que achei que os depoimentos de Cidinha e Tommy ficaram tão escondidos lá nos comentários do dia 29 de agosto que eu trouxe os dois pra cá, bem visíveis, enquanto elas não inauguram os blogs delas. Se vou comentar as listas? Claro. A da Cidinha já foi devidamente comentada e recomentada no próprio dia 29 e a da Tommy, que postou ontem, está comentado hoje, aqui mesmo. Assim, deixo um beijão para as duas e os parabéns por terem encarado essa!

Cidinha disse:

Lipe
Fiquei pensando em atender ao teu pedido. Sou uma menina educada, visse? Então não poderia deixar de responder a esse convite tão gentil. Obrigada pelas palavras carinhosas com que me tratas e por teres dito lá na Ana que achaste massa me conhecer. Eu nem preciso dizer que já sou tua fã desde que te conheci aqui, né?

Bem, lá vão as oito coisinhas sobre mim:
1)Vivo o hoje da melhor forma possível - não me apego ao passado e tento não projetar o futuro;
2)Acredito na lei da ação/reação sobretudo para o s seres humanos;
3)Amo e tenho orgulho da minha família - pais,irmã(o)s, sobrinha(o)s. Nela há a prática constante do amor e da união;
4)Acho que cada um é capaz de mudar a sua história e de ser feliz;
5)Acredito/pratico o amor sem posse e o respeito à individualidade;
6)Penso que um lugar bom pra se viver é o que nos acolhe, nos deixa feliz e nos proporciona crescimento humano/intelectual/financeiro.
7)Adoro conhecer novas pessoas e novos lugares, assim como caminhar/ficar sozinha;
8)Infelizmente não tenho a mínima habilidade para as artes.

Tommy disse:

Felipe, Lipe, Liperama...
MININU, você tá nos chamando pra trelar com nossas pessoalidades, né? Sinto-me honrada em poder participar dessa convocação.Confesso que tomei um susto, mas depois que entendi, fiquei me deliciando com as infinitas revelações do tal "8".

Aí seguem as minhas:
1)Aprendi a não duvidar de nada, e só acreditar na Fé.
2)Já tive muitos endereços, morei de Norte a Sudeste desse Brasil, conheci vários lugares, desejo estar em outros tantos, mas sei que é só dentro de nós mesmos que descobrimos a verdadeira felicidade.
3)Amo de paixão minha Filha, meu Marido e meus Amigos; morro de saudades da minha família, um misto de sírio-libaneses e do outro lado, japoneses - então, sei conviver muito bem entre esfihas e sushis. hehehehe
4)Não sobrevivo sem café nem chocolate. Odeio dietas, coca-cola light e aquele pessoal que acorda disposto às 5 da manhã e sai de malha coladinha no corpo pra ir caminhar...
5)Detesto filas, trânsito e gente que cruza as ruas em diagonal e pára do nada na sua frente.
6)Tenho duas cicatrizes, mania de arrumação e um medo imensurável de baratas.
7)Não sei bordar, tricotar ou costurar, mas acho que monto um ateliê antes dos 60 anos.
8)No meu tempo livre, faço scrapbooking, desenho o projeto da casa-grande (a casa dos meus sonhos) e penso na tatuagem que ainda vou fazer.

Beijo!
Tommy

12 comentários:

Felipe disse...

Pois é, Tommy.
Convocação pra trela é a última moda na internet e você já está nela. Quanto ao susto, é normal, embora a gente nunca se acostume com surpresas.
Achei massa como conseguiste colocar tudo tão teu jeito se ser e viver. Lendo teus 8 foi meio como assistir uma síntese de tantas coisas que já conversamos, uma fotografia em três dimensões de tudo o que é realmente mais importante pra ti, na base, mesmo. Bonito.
Descobri que devo ter algo de nipo-sírio-libanês, pois adoro esfirra de queijo e, quando vou no Recife, me esbaldo nos rodízios de sushi (tem que ser rodízio, pra aplacar minha gula, e aqui na Bahia sushi é muito caro).
Mas não tomo café (gosto, mas passo mal quando tomo) e me satisfaço com um sonho de valsa. Fecho contigo nas bebidas light (mas eu não dispenso o leite desnatado e a mussarela light).
Acordar as cinco da manhã? Só se não tiver outro jeito. Minha hora de acordar é 7 da manhã. No final de semana pode acontecer até de ser as 1O horas.
To treinando pra não estressar no trânsito e de baratas não tenho medo, tenho é nojo da dita cuja (sei lá por onde ela andou).
Costura, só faço usar. Tatuagem... difícil é escolher: qual e onde.
Agora, me conta o que é que rrumação+baratas tem a ver com duas cicatrizes.
:)
Valeu Tommy!
Beijo pra ti

Tommy disse...

Felipe!

MININU, continuas a trelar, né? O que era pra ser "comments" virou "post"!!! Quer me matar do coração? hahahaha
Bom, achei maravilhosa a foto do PORTAL... É bem essa idéia mesmo...

Sobre sua dúvida, as cicatrizes não têm relação direta com meu medo de ARGHS baratas nem com minha mania de arrumação (coisas neuróticas, sabe? papéis espalhados, sapatos fora do lugar, até as almofadas em cima do sofá, mas nada ainda que possa ser chamado de compulsivo hehhehe).

Uma das cicatrizes foi no início do casamento, quando cortei o dedo indicador esquerdo, na cozinha. :O Amadorismo acidental. A outra, foi há uns seis anos, quando cai de bicicleta, em cima de umas pedras. Pois é, "no meio do caminho, tinham VÁRIAS pedras"... Daí, levei 7 pontos no joelho direito. Realmente, coisas que nos deixam marcas ... hehehe

Aproveitando, gostaria de dizer que eu acordo às 5:20h da manhã todos os dias da semana, pra fazer o café da Nina. Mas não tenho a mínima disposição de fazer "ginastiquinha" a essa hora.

Mais uma vez, Felipe, obrigada pela oportunidade. ^^
Vamos trelando...

Beijo,
Tommy

Felipe disse...

Vamos trelando, sim!
Gostei muito dessa releitura positiva do verbo "trelar". Qdo eu era criança, trelar era "do mal". Crianças trelosas iam para o inferno. Hoje acho muito bom ver que "sem trelas" o mundo fica desatrelado, sem liga, sem vida, sem nada. Trela é movimento alegre, de experimento, de prazer pela descoberta e, segundo o que sinto, a vida é isso mesmo, movimento e permanente descoberta. Claro que, trelando, o risco de errar aumenta, pois estamos sempre no limiar do desconhecido, do novo, assim, não dá pra acertar mesmo. Aí, a gente tem que olhar o "erro" de outro modo, tb sem peso e sem carga de culpa, mas como um amigo (já ouvi não sei onde que os erros são nossos maiores mestres).
Fiquei pensando nas tuas cicatrizes - e nas minhas. Quase perdi a visão por conta de uma trela que me deixou três cicatrizes. Exagerei propositadamente na dose de um produto químico que deveria colocar num frasco de vidro e ele explodiu, abrindo uma fenda no meu lábio superior e atingindo a gengiva, fazendo um talho na minha sobrancelha e outro no meu pulso direito. Na época fiquei arrasado, pois deduzi que meus julgamentos acerca de dar vazão à minha curiosidade eram errados e que eu, numa dada medida, dali para frente teria que depender do julgamento dos outros para tomar minhas decisões mais arriscadas. Hoje vejo que o que as minhas cicatrizes me ensinam é, simplesmente: "vá com calma, atento, porque há riscos, sim... mas vá".
Obrigadão pelos teus 8's, Tommy.
Preciosa troca de figurinhas.
Beijo pra ti!

Gênero Cinematográfico disse...

Que coooooooooooooisa!
ôxe que "inxirimento" de vcs dois, eu apresento um belo dia e outros belos dias vcs ficam ...ficam...assim de conversê? Assim livres de mim?!
Rá rái, como diria D. Selma do Coco, acho que isso é ciúme...
Tommy?
Tatuagem? Nooonca que ia imaginar.
Trelar é bom e faz bem.
bjs e ciao
ôxe!

Felipe disse...

Ahahahahahah!
Deixe de ciumeira, essa menina. Parece até que duvida do tamanho do coração desse povo ("nóis"!) que te adora. Oxe oxe oxe. Mai é tu nada, estrela azulada. Deixe estar eu te encontrar pra te dar uns croques no quengo, vi?
Bjão pra tuuuuuuuuu

tommy disse...

hahahahhaa

Maê era só o que faltava, ESSAMININA. Tinha que ser a CynthiaMaria...
Dá-lhe mermo uns cocoruchos na cabeça, Felipe!!!

Tiamu, boba ^^

Adorei as reflexões sobre as cicatrizes... Então, tá. Vamos trelando... com calma, mas vamos...

Beijo!
Tommy

cidinha disse...

Lipe
Sinto-me duplamente homenageada com esse post pra as oito coisinhas minhas. Obrigada!!! Fiquei rindo com a ciumeira de Cinthia e com o teu jeito todo pernambucano de falar. Bom demais "escutar" esse linguajar. Adoro-o!
Legal também os teus comentários a respeito da infinitude de coisas da tommy.
Estava viajando por isso que ainda não tinha dado o ar da graça.
Um abração

Felipe disse...

Bem vinda de novo Cidinha!
Que bom que tu viste a homenagem e a farra.
Viste as presepadas da Tommy e da Cynthia? Pois é. A gente semos a maior gréia mesmo.
Bjão

Gênero Cinematográfico disse...

Ai meu deus DU céu!
meu ciúme é de profiteroles
é de almoço na Boa Vista e Boticcelli em CDU
é de verdade amiga
num é de posse ardida não
talvez...dexovê...pode ser pq vcs tejam aí e eu teja aqui e nunca mais a gente se viu, nem conversou miolo de pote, nem conversa divergente, por que só quem sabe é a gente a falta que amigo faz, daquelas de mermo e forte que num para nunca mais.
intendero agora!quem me der cascudo leva mordida!

Felipe disse...

Oia, deixa de tua leseira, visse, Cynthiorama. Num tais vendo que isso é um caso di amor interamigal? A gente fala em ciume mas a gente sabe que o que se trata aqui é uma saudaaaaaaaaaaade da goitana que virgenossassenhora!
Tu bemquipudia dar um jeitim e tirar umas folga por aqui, nera? Um final de semana mais comprido, umas coisassim. Vai, essa menina, pensanisso, vai. Aproveita a promoção da Gol, que paga um real na volta. Nenão, Tommy?
Fica bem, visse? E num tenha medo dos croques não, que aquilo é só pantim pra fazer greia contigo.
Beijão

tommy disse...

hauhahauuauaua

ESSAMININA e ESSEMININU

Tô me acabando de rir.
Adorei os "profiteroles" de CynthiaMaria e os "pantim" de Felipe... Mas entendo os sentimentos todos porque é assim q eu fico também, uma ciumeira cheia de saudades de estar aqui e acolá.
Dividida, sempre... Agora, verdade seja dita: acho que nos vimos mais em Recife do que aqui em terras soteropolitanas, né, Felipe? Um sorvete famoso na Ribeira que ainda não aconteceu. Êee-Ê!!! Quem sabe uma vinda de Cynthia pra nos juntar de novo? ^^
Outra: Morder é covardia, viu? hahahhaha

E CIDINHA (eu, já toda intíma da moça, vejam só): achava que tava quieta no meu "mundinho" e achei linda a sua colocação sobre "a infinitude de coisas da tommy". Meu cérebro fez um PLAC e meus zóinhos arregalaram... hehehhe. Obrigada.

Visão de mundo é outra coisa. Ter amigos é bom demais!!!

Beijo,
Tommy

Felipe disse...

E apois, Tommy!
A última vez que te vi foi num almoço com Kyara em março!!!!
Olha, vou fazer uma jura agorinha mesmo: vou telefonar pra ti pra gente marcar esse sorvete, visse?
Beijão