sábado, outubro 07, 2006

Chamado
















E o pássaro concluiu que, se os sinais eletrônicos podem chegar mais longe que o seu canto, cantar através de uma antena podem aumentar consideravelmente as chances de chamar de volta os sonhos que se perderam no mundo.

6 comentários:

Leonardo disse...

hehehe... cute!

poemusicas disse...

Caro Felipe,
Eu de certa forma tenho acompanhado os teus comentários em alguns bloggers, como no teu próprio, e vejo em tua escrita uma sensibilidade, uma visão codificada por palavras precisas e além do lugar comum. Vejo, se não és, por que não queres, prevejo em ti um poeta.
Muito bonito e que dizes.
Um abraço fraterno,
NAENO

Felipe disse...

É mesmo, não é, Leo? Tb achei.

Felipe disse...

Naeno, amigo,
já escrevi muitas poesias, mas depois que comecei a escrever para teatro, parei de fazê-las, não sei porque. Mas, como você observou, acho que a experiência poética sempre contamina a gente, fica latente, se manifesta nas entrelinhas. Quem sabe um dia isso volta forte e nítido como já foi um dia?
Obrigado pelo comentário
Abraço

Aleksandra Pereira disse...

Lindo, Felipe!
Te leio sempre através dos teus comentários no blog da Cynthia, lhe devia visita, e me arrependo de não ter passado antes por aqui.

As fotos são explêndidas, e os textos, complementam e enfatizam a poesia.

Parabéns.
Beijo grande

Felipe disse...

Bem vinda sempre Aleksandra!
Legal essa dinâmica dos blogs, pois também tinha reparado nos teus comentários espertos lá na Cynthia.
Fiquei feliz de ver que também escreves (e bastante! e bem!) e gostas de cinema.
Te agradeço as palavras.
Beijão