quarta-feira, agosto 23, 2006

Gaivota

Construi uma gaivota biônica que desenvolveu sentimentos. Ela tem um radar que detecta tristeza e um raio que desperta a alegria. Vendo o desespero das pessoas diante de um mundo ameaçado, decidi soltar essa gaivota no mundo, que pode se beneficiar muito mais com a presença dela do que eu. Atenciosamente, Gepetto.

2 comentários:

Ana disse...

Ô, Gepetto...
Acho que vais ter que construir muitas outras gaivotas como esta... Há tristeza demais por aí...
Que bom que por aqui temos encontrado tanta alegria, ultimamente!
E sempre tanta beleza!

Felipe disse...

To melhor, Ana.
Obrigado pela força.
E vou passar o recado pro Gepetto...
Bjão