sábado, dezembro 02, 2006

Aperto



















Tem umas pedras no meio do caminho... mas bem que a gente pode pensar em compor uma cena legal com elas.


16 comentários:

Elis disse...

Salve Felipe!!! Ah, rapaz você é de outro mundo, esse post tá um arraso. Bom voltar e já dar de cara com um lance assim, esse teu constante incentivo de ver beleza em tudo que nos cerca. Senti saudades disso.

Bjão

Leonardo disse...

Ahhhh.... demorou mas caiu a ficha! Só agora entendi a razão de tantas flores no Liperama recentemente...

É prá puxar o saco da Alê!!! :D Foi só eu dizer que você estava subindo na cadeia alimentar (pro rumo certo!) que você voltou prá trás (pleonasmo propositado) para acalmar a moçoila... hehehehe

Mas é isso mesmo! Antes puxar o saco dela do que o meu! Ouch!!! :o

Abração! :)

Aleksandra Pereira disse...

Ei,Leo!
primeiro, deu problema na ficha, eu não entendi...
segundo, essa coisa aí de saco não me cabe não...

Lipe, conhece a Nona Arte? Um pessoal bacana do Rio que edita uma revista em quadrinhos.

No www.nonaarte.com.br, procure pela história "O carteiro e o poeta". Mais do que uma homenagem ao filme pelo título, faz uma homenagem ao Drummond e a todos os poetas que olham uma mesma coisa mas enxergam tantas diferenças.

Beijo

Mariana disse...

Que foto mais linda!
Beijo.

Felipe disse...

Eliiiiiiiiiiis!
Que carinho massa!!!!
Pensei em ti hoje cedo!!!!! "Por onde andará aquela criatura? Será que ainda está na Itália?"
Saudades de ti tb!
Bem vinda de volta!!!
Bjão

Felipe disse...

Oxente, sócio!
Liperama é mais emoção do que razão. Meu estoque de razão vai quase todo para a dissertação.

Agora, se nesse fluxo viajador acontecem sincronicidades, não tenho nada a ver com isso, ou melhor, não faço a mínima idéia de como é que eu entro nessa história, mesmo entrando nela. :) :D ;)

Agora me explica esses lances de cadeia alimentar e puxação de saco que eu voei ainda mais do que costumo voar... :+

Abração!!!

Felipe disse...

Isso é sincronicidade, Alê!!!
Gosto muuuuuuuuuuuuuuito de HQs. Qdo era criança eu desenhava gibis com o pessoal da minha turma. Devorava as revistas da Abril, da Ebal, da Globo e depois a Heavy Metal, a Animal, os álbuns da Meribérica-Liber (John Difool, Le Fleuve, Valérian, Axle Moonshine).
Vou lá olhar sim. Tu gostas de HQ também?
Bjão!

Felipe disse...

Obrigado, Mari!
Tb estou te devendo visita.
To devendo visita a todo mundo. Espero que isso não demore.
Bj.

Aleksandra Pereira disse...

Se eu gosto? Já terminei mal um namoro por elas, na época do colégio, eu gostava mais das revistas do garoto do que dele, ia pra casa dele devorar as danadas, pode?

No dia que consegui convencê-lo ao empréstimo de grande parte delas, fingi uma torção no pé, e fui para csa. Ler HQs.

Cruel, eu sei, sou culpada, mas ler sempre foi paixão, sempre.

Beijo

Leonardo disse...

é isso aí, sócio!! praticando o **llc**! ;)

Abração!

PS. Esqueça o lance da cadeia alimentar... bah... hehe

Aleksandra Pereira disse...

Poxa, Leo, isso não se faz, fiquei curiosa...

Felipe disse...

Ahahahahah! Parece que estou vendo tua cara, Alê, secando os gibis do cara! Eu tb passei muito por isso. Muitas vezes acompanhava minha mãe em visitas de pessoas chatas mas que tinham coleções de gibis - e me deixavam ler para eu não ficar ouvindo as conversas dos adultos.
Na intimidade do lar eu escondia - e ainda escondo (eheheheh) - os meus gibis pra ninguém pedir pra ler (tenho minhas razões - ataques de parentes que tiravam sem me pedir e detonavam as páginas, dobrando tudo, usando de qualquer jeito). :D :D
Hoje tenho o maior ciúme das minhas HQs.
;-)

Felipe disse...

To chutando, Léo! Usando a intuição! Gosto desses sinais. Sabes se tem algum site onde posso aprender mais sobre isso?

Olha, sócio, to com a Alê, isso não se faz, conta pra gente, vai...

TARCIO VIU ASSIM disse...

Fiquei sem palavras.
-
É que nem precisa dizer nada. Só olhar..... :-)
-
Abraço apertado.

Rosa Vermelha disse...

As pedras nem sempre são obstáculos.Principalmente para quem tem sede de vencer.Bjo Felipe.

Felipe disse...

Desde criança adoro subir nas pedras para olhas a paisagem...
Bjão