terça-feira, dezembro 05, 2006

Natal comercial



















- O que é que ele tem que está tão pensativo?
- Contei pra ele que o Urubu-Noel não existe.

12 comentários:

Leonardo disse...

crescer é doloroso... :-/

paty disse...

Viver é doloroso!

Ana disse...

Bahhhh!

Que urucubaca!!

Felipe disse...

Iiiiih.
Acho que inventei uma piada com efeito reverso.

Urubu é um bicho como qualquer outro. É o olhar da gente que gera as dores e as urucubacas.

Abraços

Aleksandra Pereira disse...

Poxa, desmanchar as ilusões de alguém é triste até para um urubu..

Paty disse...

É verdade Lipe. O urubu é igual a todos os outros bichos. No entanto o pré-conceito existe.rssssssss
Desculpe e beijoko

Felipe disse...

Isso, Alê. Foi essa a minha viagem.

Felipe disse...

Existe, Paty. E a gente escolhe o que fazer com ele na medida em que o reconhece.
Bj.

Vivien disse...

aie....tá no olhar, sempre no olhar. E crescer é bom.;0)
Ser criança é que foi doloroso...rs....tá tudo no olhar!

Felipe disse...

Valeu, Vi.

Sabe o que eu acho massa? É ver que é possível cada um ter sua própria opinião sobre as coisas sem que a gente deixe de se gostar por isso.

Bjão

Aleksandra Pereira disse...

Sabe aquele professor de motivação e negócios, o Luiz Marins Filho? Ele escreveu um texto com 20 dicas de sucesso, e me lmebro justo da 20ª:

"Jamais prive uma pessoa de esperança. PODE SER QUE ELA SÓ TENHA ISSO."

Felipe disse...

Falou, Alê!
Essa é daquelas frases pra gente não esquecer nunca.
Beijão