domingo, dezembro 17, 2006

Fulores



















Para não perder o costume de postar uma flor de vez em quando...

8 comentários:

Naeno disse...

Flores são sempre elas. Lindas e representam toda a beleza do mundo. Toda paz é feita por uma rosa que se posta à frente, em todas demonstrações de amor a rosa vai à frente. Rosa, rosa, rosa. Rosas ao embaixadores, aos comandantes, aos subornados, aos elitisados, aos comuns, aos que tem onde morar, aos que não tem, aos que tem fome, aos saciados, aos feios, aos bonitos.
Um abraço, saudade,

Naeno

TARCIO VIU ASSIM disse...

Até nas flores se vê
as diferenças da sorte
umas enfeitam a vida
outras enfeitam a morte.

-
Quadra de um poeta repentista, pintada no paredão do cemitério de minha cidade.
-
abraço fulorado procê, conterrâneo baiano.

paty disse...

Lipe, e como faz bem olhar para as flores!!!
Essa quadra que o tarcio escreveu falou muito em mim.Beijos aos dois

Ana disse...

Foto linda!!!
Realmente linda demais!!

Felipe disse...

Oi Naeno!
Gostei dessa imagem da flor como representação da beleza dxo mundo e mensageira da paz.
Abraço pra ti

Felipe disse...

Quadra bonita, Tárcio.
Os poetas repentistas sempre me surpreendem. Por exemplo, gosto do cheiro de jasmim porque me lembra a casa dos meus avós maternos, mas tenho uma amiga que detesta esse cheiro, porque morava perto de um cemitério que era cheio de pés de jasmim.
Cada olho, um olhar.
Abraço igualmente fulorado pra ti

Felipe disse...

Também achei, Paty.
Forte, não é?
Beijo pra ti também.

Felipe disse...

Obrigado Aninha.
Bom que tu gostaste.