sexta-feira, dezembro 29, 2006

Broto



















"O novo sempre vem".

Da música "Como nossos pais", de Belchior.

6 comentários:

Aleksandra Pereira disse...

...e que esse novo ano não morra precocemente à sombra do passado.


Eh, que agora fiquei com Belchior cantarolando na cabeça...


Beijo

Mariana disse...

;.***

Feliz ano novo!

TARCIO VIU ASSIM disse...

O ovo do tempo
é a nave do novo.


-
FELIZ TEMPO NOVO, conterrâneo!

Felipe disse...

Tem tudo a ver, Alê!
Belchior também tem uma versão bela de "Como nossos pais", música de onde tirei a frase que casa com a foto deste post (e que eu nem creditei! Vou fazer isso agora).
Beijo grande

Felipe disse...

Ai, Mari... faz assim não...
Beijo pra tu.

Felipe disse...

Feliz Tempo Novo, conterrâneo!!!
Abençoado o que cresce no ovo do tempo e que sempre nasce e renasce para a beleza do mundo.
Meu carinho e admiração pra ti!