quinta-feira, dezembro 07, 2006

Janela



















...

18 comentários:

Leonardo disse...

Uau... que vista, Felipe! Nessas horas dá vontade de largar tudo e viver de brisa.

cidinha disse...

acordar e ter o prazer de ver esse marzão todo dia é um presentaço!!!
beijo

Aleksandra Pereira disse...

Lipe,

que lugar lindo! Acordar todos os dias com essa vida toda acontecendo da janela...

Um poeta aqui da região, Narciso de Andrade, numa das conversas que tive com ele para um documentário, me mostrou sua biblioteca, e a vista de lá. Seu prédio fica na avenida da praia, e tem acesso aquele esplendor todo sem problemas. Quando me esqueci lá olhando os navios passando no final da tarde, ele me disse: "quando eu e a Amélia procurávamos apartamento, entramos nesse aqui e eu vi a vista. Sabia que seria nosso. Seria meu presente para ela, uma forma de expressar meu amor e gratidão, acordar com essa pintura viva do lado de fora, todos os dias".

Lindo.

Beijo

Fábio Pinheiro disse...

Olá Felipe! Vim indiscretamente olhar atravez desta janela. É dos teus olhos ou dos meus o encantamento com essas imagens? Belos discursos. Inefáveis. Parabéns! Volto quando passar o enlevo. Grande abraço!

Ana disse...

Bem que podia ser a janela do meu quarto!

:)))

paty disse...

Lipe, a imagem é linda. O mar encanta, inspira, acalma as torrentes de uma alma em agonia, mas também ele me trás melancolia.Por isso, apesar de admirar sua beleza e seu esplendor eu não gostaria de morar em frente ao mar. Beijos Lipe.

Tommy disse...

Mininu Filipe

Quero apostar se essa vista não é do Forte Montserrat... Se for, tenho uma foto parecida hehehhehe ^^

=***

Tommy

Fábio Pinheiro disse...

Publiquei umas fotos suas que garimpei aquí no Liperama. Você disse que podia... (coloquei os créditos das fotos, claro). Ainda não conseguí colocar suas fotos de nossas esculturas no Calunga nem no Papel pra toda obra porque não sei como virá as foto di cabêça pra riba. Mas devo resolver isso essa noite. Obrigado, obrigado, gratíssimo! Grande abraço!

Felipe disse...

Maravilha, não é Léo? Tipo de cenário bom para recarregar baterias.

Felipe disse...

Verdade, Cidinha.
Mas, sabias que o pessoal do Forte do Humaitá nem liga? Acho que se cansaram de tanta beleza.
Beijão

Felipe disse...

Ah, Alê, história bonita...
Adoro o mar, sabias? Muito mesmo.
Beijo

Felipe disse...

Que bonito, Fábio!
Acho que você se encantou com a paisagem tanto quanto eu.
Te agradeço as palavras e a visita.
Abração

Felipe disse...

Aninha, acho que todo sonho, em algum nível, já é realidade.

;) :D

Felipe disse...

Te agradeço, Paty.
É legal a gente saber o que quer e buscar realizar isso.
Beijão

Felipe disse...

Na mosca, Tommy!!!!!! Uau!
O pessoal parecia estar pensando que era a vista da minha casa. Poxa, eu adoraria! Além da vista, ah, que ventinho bom tem ali.
Bjão

Felipe disse...

Oxe, Caio, não tem de que! Como te falei, foi mesmo um prazer colaborar. A barra está aliviando por aqui, por isso, se ainda precisar desentronchar as fotos, me avise.
Tudo ok com as fotos do Liperama. Com crédito, tá tudo bem.
Abração

Mariana disse...

Bom poder ver tudo assim azul...
Beijo.

Felipe disse...

Poxa, Mari, não posso ouvir falar em Azul que já vem a música do Djavan na cabeça. Tem uns titulos de música que se colam na palavra que usam e viram uma coisa só na cabeça da gente...
Beijo