segunda-feira, novembro 20, 2006

Mundão


Eta mundão! Grande, pequeno, bonito, feio, certo, errado... tudo acaba convergindo para uma questão de ponto de vista.

20 comentários:

Leonardo disse...

Pois é sócio... e falando em perspectivas, acabei de realizar que nosso conglomerado está se expandindo mas que ainda não tem nome, daí proponho, por motivos óbvios: "Indizerama Corporation LLC". O que você me diz??

[]s

Aleksandra Pereira disse...

É mesmo questão de ponto de vista, meu querido. Imagina o que as formiguinhas andam lá pensando, vendo essa nossa confusão de pernas confusas, enquanto elas seguem lá suas vidinhas, organizadas, respeitosas...

Beijo

Felipe disse...

Gostei beleza, sócio!!! Só não 'intendi' o LLC. O que é isso, mesmo?

[]s

Felipe disse...

Dá pra imaginar, Alê.
Parece uma praça de cidade, essas formigas ao redor de uma gota de vitamina. Vêm ninguém vê de onde, de repente sacam que tem comida ali, vêm um monte, daqui a pouco comem tudo e somem de novo. Assim mesmo, como você falou, organizadas, respeitosas, vivendo.

São mundos dentro de mundos, não é? A gente não faz nem idéia.

Beijo

Aleksandra Pereira disse...

Ô, Leo,
por que responsabilidade limitada?
Quer dizer que se nós, consumidores, tivermos alguma reclamação sobre produtos "Indizerama Corp.", receberemos um balançar de ombros "tô nem aí", ou uma cópia "de grátis" do kit PQP?

Beijo

paty disse...

Mundão mesmo Lipe, e ao mesmo tempo mundinho, pois coisas acontecem dentro deste espaço que nos surpreendem, como encontrar gente de perto em locais tão distante e vice-versa.Bos

Gênero Cinematográfico disse...

...formiga preta é a que mais arde a picada. ui.

marcia disse...

juro que quando vi achei que era barata. fiquei pensando "não acredito que ele colocou BA-RA-TAS no seu blog, que nojo". daí destapei o olho e reparei melhor. eram formigonas. gulosas e amontoadas. quer me matar do coração? piu piu.

Leonardo disse...

Salve Felipe,

LLC é Limited Liability Company, quer dizer existem limitações às nossas responsabilidades. Considerando o tamanho do nosso público alvo e a amplitude de nossos produtos temos que estar preparados para um ou outro louco(a) que, por exemplo, sinta-se à vontade para utilizar nosso kit VA-PARA-PQP pensando em depois usar o kit PALAVRAS prá limpar a cara... e outras coisas do gênero... hehe.

Abraços,

Leonardo disse...

ué? Pinta não come barata????? :o

Felipe disse...

É, Paty. Mundão para as formigas, mundinho pra gente. Aí a gente olha pro céu estrelado e acha tudo tão... infinito!
Beijão

Felipe disse...

Acho que essa daqui de casa não tem ferramenta pra picar, não, Tchory. Ficam ali, na delas. Ainda bem.

Felipe disse...

Ainda bem que tu olhaste melhor, Pinta. Sabes, não tenho um pingo de medo de baratas, mas tenho muito nojo. Por isso, nunca vou fotografar esses bichos e muito menos colocar uma delas por aqui. Se aparecer, esteja certa: foi hacker!
Cheiro na penuginha.

Felipe disse...

Beleza, Léo! Não sabia que já existia algo assim: é perfeito para o que pretendemos.

Valeu! Bom ter um sócio antenado que pensa no aqui-agora e um pouco mais a frente. Quem quiser usar os "poderes" que oferecemos através dos nossos produtos, terá que assumir a responsabilidade por eles. :)

Abração

Felipe disse...

Léo, psiu, olha a gafe!
Pintas não comem baratas.
As galinhas é que comem.

Leonardo disse...

e Pinta não é aprendiz de galinha?? :o :D ;)

Felipe disse...

Aprendiz come miudinho. Se a Pinta vacilar, é a baratona quem vai comê-la. A não ser que a Pinta encare um McBarata Feliz! :D

TARCIO VIU ASSIM disse...

O universo às vezes pode caber na nossa mente,(ou é nossa mente?) como mostrou a lente de Felipe. Vixe, quanto "ente" !
Abraço, oxente!

marcia disse...

eu sou uma pinta sofisticada, seu leonardo. como diz a bacAna: humpf.

Felipe disse...

Oxente! O universo é a nossa mente? E se a gente for demente?
Sai da frente! Que frente, se em todo canto vai ter a danada da mente?
Oia praí, Tárcio! Tas vendo que isso pega? :D

P.S.: Eu to brincando, mas acredito nessa possibilidade de tudo o que a gente vê ser uma invenção da mente. E que essa mente vive além do corpo da gente.