quinta-feira, novembro 23, 2006

Fauna Urbana II b

Sai um outro ângulo da mariposa cabeluda!

48 comentários:

paty disse...

Lipe, assim ela está bem melhor, tirando as patinhas e o chifrinho,huhu...ah, o beijo lá no peregrina foi a Aninha quem deu em vc.Está em um post abaixo.Bjão pra vc.

Felipe disse...

Beleza, Paty!
Descobri onde estava o beijo!

Pelo menos desse ângulo dá pra entender melhor como é o corpo da mariposa-leão (copyright Thelma Panerai). :D

Beijão pra ti tb.

Leonardo disse...

meu comment foi censurado?!?! :(

Leonardo disse...

Ahhhhh bom... é que este é o post B... Felipe, tem dó! Bicho feio desses não carece de reprise! :)

Ao invés, bote umas fotos da Sheila Carvalho e prepare-se para receber um monte de kits!! :D

Abraço,

Aleksandra Pereira disse...

Direitos iguais, Leo e Lipe. Se for para encarar uma foto da Sheila Carvalho, taca o Colin Firth aí prá mim, por favor.

Beijos

Felipe disse...

Leonardo Indizível, e eu sou homem de censurar? Se eu não gostar de alguma coisa por aqui, tenha certeza de que eu reclamo. Depois é que eu censuro. :)

E deixe de implicância com a mariposa, tadinha, já tá toda complexada. - Chore não, Poposinha, ele é que feio.
:D

Felipe disse...

Sheila Carvalho? Colin Firth?
Tem uma site ótimo que vocês precisam conhecer, chamado Google.
:D

Ana disse...

Pelo visto estamos em plena contemplação da mariposa-mico-leão-dourado!
Bichim bem feim, sim!
Pode ser simpática e tal... Mas a poposinha é feia e pronto!

.


.


.




Brincadeirinha!!!!!!!!!!

Felipe disse...

Ahahahahah!
Mariposa mico-leão-dourado é ótimo!

Poxa, ainda não entendi qual é o problema em se achar uma coisa feia. Ou achar bonita uma coisa que muita gente acha feia. Feia ou bonita, ela tá aí, na paz.

Aleksandra Pereira disse...

poxa, Lipe, sonhar não custa nada, né?

Beijo

Felipe disse...

Oxe, Alê.
Então tu querias mesmo ver o Colin Firth justo aqui? Mas tem tanto lugar legal na web onde se pode encontrá-lo... se é mesmo para realizar sonhos, mais fácil ir onde eles estão. Ao menos é assim que EU penso.
:)
Beijão

Paty disse...

Lipe , cheguei agora do ponto mais alto daqui de Santos.Não resisti e postei uma foto, na tentativa de obter um dom, lembrando-me do que vc havia falado, de deixar rolar a imaginação.Espero não decepcionar o grande mestre.rsrsrrsrsr
Bjim

Aleksandra Pereira disse...

Brincando, querido. Mas se fosse atender o pedido do Leo, já tinha também o meu protesto...

E Colin não é o sonho, não. É que ele personaliza meu sonho de ainda, um dia, conhecer a Inglaterra, assistir uma peça em pé no Globe como nos tempos do meu amigo William. Está certíssimo, para esse sonho acontecer, não será de outro jeito, será lá.

Besos.

Leonardo disse...

Seu amigo William?!?!?! Ahhh... vai logo e chama o "cara" de Bill... hehe

Leonardo disse...

Ihhh Sócio, se eu começar a "googling" as Sheila, é ela quem não vai querer que eu pare! ;D :0 :)

Quanta besteira!!!!

Aleksandra Pereira disse...

Ele não gosta de ser chamado de Bill, Leo, sabe como é, ele é meio antigão...

Desculpa, Lipe, não resisti!

Felipe disse...

Grande mestre, Paty? Só se for mestre em ser aprendiz - e olhe lá. :)
Vou lá no Peregrina ver. Fiquei curioso.
Beijão

Felipe disse...

Entendi agora, Alê. Juro que se um dia eu postar uma foto da Sheila por aqui, taco uma foto do Colin junto. ;)

Quem entende bem desses sonhos de viagem é a Janine, do blog Koukla, que está entrando hoje nos links do Liperama. O sonho dela era conhecer a Grécia. Tá lá a história. Acho que vais gostar, porque faz essas coisas parecerem bem mais acessíveis do que se imagina.

Bjão

Felipe disse...

Bill Shakespeare!
Gostei. Legal como basta mudar o nome para o cara parecer remoçar.
:D

Aleksandra Pereira disse...

Já conheço a Jan, ao menos de nome e blog. Fiquei encantada com o sorrisão dela, e a Grécia também está na lista!

beijo

P.S.: Lipe, um amigo o chama carinhosamente de Billy Shake.

Felipe disse...

Ahahahahahah!
Besteira pouca é bobagem! Mande mais! É pra googlar mesmo.
Bem googlado. E deixa a Sheila achar bom.
;-D

Felipe disse...

Desculpa Lipe? Oxe, Alê, por que? Ainda mais que a tua pegada tb foi boa!
:D
Beijo

Aleksandra Pereira disse...

Ô moço Felipe, fui procurar seu imeio para depois te mandar um aparte, e num achei não...

Felipe disse...

Alê, que coincidência, estamos acessando o blog ao mesmo tempo!

Bom que conheces a Jan!

Quanto ao Bill Shake, acho que o bardo não ia gostar. Esse apelido ou parece nome de sorvete ou então uma indicação de que o cara se treme todo - ou faz os outros tremerem.

:D

Aleksandra Pereira disse...

Ah, boa!

E não é coincidência, não, já falei pra Paty que agora ando mais por aqui na sua casinha do que lá na minha!

Aleksandra Pereira disse...

Registrado, queridíssimo.

Felipe disse...

Poxa, Alê, maior honra!
Mas não é sempre que to podendo ficar acessando o blog o dia todo. Hoje foi um caso a parte. Geralmente posto no começo da madrugada. As vezes dá tempo de abrir ao meio dia tb.

Legal que tu e a Paty fizeram contato.
Bjão

Leonardo disse...

"you know dude, shit'n'stuff...
fo'shizzle...if you wanna be, bro
or if you don't wanna itzalright man, i'm cool... you cool? i'm cool...
it's up to you ma'man."

Billy Shake :-/

Aleksandra Pereira disse...

Eu estou trabalhando de casa, escrevendo dois roteiros com amigos, então, imagine, colada no computador.

Ontem fui das 07h30 até 03:47 de hoje, na correria. Tenho que dar uma passeada, nem que seja virtual, pra desopilar um pouquinho...

Beijo

Leonardo disse...

Ué Alê, mesmo antigão pensei que ele fosse seu amigo... ;)

Aleksandra Pereira disse...

Ele é, mas é uma figura um tanto excêntrica. Já pedi pra ele tomar um banhinho de loja (e um banho também), mas tá difícil. Esse homem das letras não gosta de escutar, é meio esquentadinho...

Beijo, Leo. Já achei que você ia falar: "ô vocês, não sabem o que é MSN, ICQ (vixe), Google Talk"...

Aleksandra Pereira disse...

Lipe, com a adição do Leo, dá para nosso amigo William se tornar um MC, ou algo assim, aí caberia o Billy Shake, já pensou? MC Billy Shake ou Mano Bill? Talvez W. Shake?

Felipe disse...

Ahahahahahahah!
I'm cool! And you're really cool, Billy!

:D

Felipe disse...

Saquei, Alê.
Tb desopilo assim. Qdo a cabeça dá nó, respiro, me estico todo, dou uma olhada no blog e volto.
Bj.

Felipe disse...

Ahahahahahah!
MC? Podia ser. Mano Shake é massa, mas vai lembrar o Mano Chao. Voto no W. Shake. Ou, que tal, MC Billy S. (Êm-cí Bíliésssssss) Soaria como Billy YES! YEEEEEESSSSSS! :D :D :D
Qui onda!

Leonardo disse...

Beleza, mas até agora ninguém se arriscou a traduzir as palavras do Billy Shake... anyone??? :)

Felipe disse...

Why don't you, bro?
You're our man in North America!
You're the best one to do that translation! So, why are you waiting for us? Do it.
Pleeeeeeeease!
:D

Aleksandra Pereira disse...

Tá bom, Leo, Omelete, ato 3, cena 1...

Leonardo disse...

Pois então, Alê, muito melhor a versão do William Shakespeare, não é??

Aleksandra Pereira disse...

Claaaaaaaaaaaaaaaaaro, com certeza! Só estávamos descontraindo, Leo. Shakespeare é referência, é reverência.

Beijo.

Gênero Cinematográfico disse...

?

Aleksandra Pereira disse...

Cê, viu, Cyn? O papo ontem foi longo, e doido! E tudo começou com uma maripoca cabeluda...

Felipe disse...

Pois também coloco um interrogação, Tchory. Acho que a partir do texto em inglês do comentário de Léo, deixei de entender o que estava acontecendo e no andar das coisas vi que entendia cada vez menos. Omelete? É a peça do Torero que foi montada no Rio em 98? Passou no Recife (no Teatro do Parque, Tchory) e assisti. O Orã Figueiredo estava no elenco. Ele esté no nosso documentário "Identidade e contemporaneidade", falando de "O que diz Molero". Omelete e Orã são muito legais. Não tenho tanta memória assim, para lembrar de detalhes. Você tem o texto do Omelete, Alê? Manda uma cópia pra mim.

Ou o omelete era outro?

Aleksandra Pereira disse...

Oi, Lipe, chamei a história do Billy Shake de Omelete por conhecer a versão do Torero, meu conterrâneo. Mas a brincadeira do Leo é em cima do Hamlet mesmo, ato 3, cena 1, o "ser ou não ser".

A peça do Torero só em trechos, disponibilizada no site dele e do Marcus Pimenta (http://www.torero-pimenta.com/omelete.htm). faz tempo que não falo com ele, mas posso tentar o texto inteiro. Ele é um cara bacana.

Felipe disse...

Bom, continuei sem entender a brincadeira.

Pensei que você tinha o texto. Se não tem, tudo bem.

Bj.

Aleksandra Pereira disse...

Lipe, a brincadeira que o Leo fez foi atualizar Shakespeare para o linguajar dos manos, como estávamos fazendo:

"Se você quiser ser, mano, se não quiser, tudo bem, cara, eu tô legal... cê tá legal?..."

e por aí vai.

Por isso o Ato 3, cena 1, do Hamlet, "Ser ou não ser". Eu ter escrito Omelete foi que confundiu as coisas...


Não assisti a peça, mas sei que o pessoal de uma cidade pequenina daqui, que tem feito um trabalho super bacana com mediação de leitura para jovens, está atrás do texto, pois a coordenadora ontem me perguntou justamente se eu tinha, e passei o contato do Torero. Se ela conseguir, e se der, te falo.


Beijos, Lipe e Cynthia, desconsiderem a confusão. Depois de três dias sem dormir direito e uma gripe pesadíssima, eu ainda consigo fazer bagunça...

Felipe disse...

Tudo ok, Alê.
Esse tb é o meu problema: ando muito cansado.
Cansado de pensar, sobretudo. Paciência, fazer o que? Vamo' adiante.
Se for para te complicar, não se preocupe com o texto. Se não for incômodo, porém, vou adorar. Fique super à vontade, tá bem?
Beijão

Leonardo disse...

Hahahahhahaha!! Só hoje voltei aqui e vi esta zona!!!

Foi mal sócio! Parece que eu e a Alê estávamos sintonizados desde o início mas deixamos a coisa descambar.

A brincadeira foi porque como ela transformou William Shakespeare em Billy Shake, eu fiz uma gozação prá mostrar como seria a famosa cena de Hamlet se tivesse sido escrita por um Billy Shake, daí escrevi em "gansgta rap lingo" (gangster rap)... Ela ainda vem e me solta um "omelete" no lugar do Hamlet... daí "eu fui prá galera"... hahahahaha

abraço,